logoExposicao
logoCNCCR
nucleo_01

NÚCLEO 03

Férias em Portugal

Os turistas estrangeiros chegavam sobretudo por mar, transportados nos paquetes a vapor postos à disposição por inúmeras companhias, ou por terra, de comboio, depois de terem atravessado a Península. No início do século XX, Lisboa estava a um dia de viagem de comboio de Madrid e a dois de Paris.

Inicialmente procuradas pelas virtudes terapêuticas das suas águas e ares, as termas e as praias eram, sobretudo, lugares de tratamento. Ao longo do século XIX, foram transformadas em lugares de lazer. Os aristocratas e os burgueses são os primeiros a praticar o novo estilo de vida que os leva até às estâncias termais e balneares entre os meses de Junho e Outubro. Na transição do século, as excursões e o aparecimento de carreiras de ónibus na época balnear, a preços reduzidos, permitiram o acesso de outros grupos sociais aos novos prazeres.
Lentamente, foram-se estabelecendo códigos de comportamento, de vestuário e de actividades – os rituais próprios da vilegiatura de que se faz a arte de ser turista.